Mulher baleada na cabeça em Arouca em estado grave no hospital de Gaia

Uma mulher de 51 anos foi encontrada esta madrugada com um tiro na cabeça no interior duma viatura em Escariz, Arouca (Aveiro), e está em estado grave no hospital de Gaia (Porto), avançou à Lusa fonte dos Bombeiros de Fajões.

Mulher baleada na cabeça em Arouca em estado grave no hospital de Gaia

Mulher baleada na cabeça em Arouca em estado grave no hospital de Gaia

Uma mulher de 51 anos foi encontrada esta madrugada com um tiro na cabeça no interior duma viatura em Escariz, Arouca (Aveiro), e está em estado grave no hospital de Gaia (Porto), avançou à Lusa fonte dos Bombeiros de Fajões.

Uma mulher de 51 anos foi encontrada esta madrugada com um tiro na cabeça no interior duma viatura em Escariz, Arouca (Aveiro), e está em estado grave no hospital de Gaia (Porto), avançou à Lusa fonte dos Bombeiros de Fajões.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos bombeiros de Fajões, Ricardo Fernandes, explicou que a corporação recebeu pelas 02:05 desta madrugada um alerta para uma situação de uma pessoa baleada em Escariz, no concelho de Arouca, distrito de Aveiro, e quando os bombeiros chegaram ao local deparam-se com uma mulher no interior de uma viatura, “no lugar do pendura”, com uma “lesão no crânio compatível com o uso de arma de fogo”.

Cães podem detetar covid-19 de forma mais eficaz do que testes PCR
Cães treinados detetaram a infeção por covid-19 em 97% dos casos sintomáticos e quase 100% dos casos assintomáticos. Estudo foi conduzido em Paris e já há países que adotaram o método de rastreio nos aeroportos. (… continue a ler aqui)

O alegado agressor, e ex-companheiro com quem a vítima teve uma relação de cerca de 20 anos e com quem teria encontros pontuais nos últimos tempos, foi localizado hoje entre as 11:00 e as 12:00, num “edificado abandonado junto à sua residência com lesões nos membros superiores”, adiantou o comandante Ricardo Fernandes. “As autoridades estão a dar assistência para ser levado para o hospital de Santa Maria da Feira pelas autoridades”, acrescentou.

Depois de praticar o ato contra a mulher, entrou em casa onde estavam os seis filhos – uns do casal outros de relações anteriores -, confessou o crime e tentou pôr termo à vida à frente dos filhos com arma de fogo. Segundo o comandante Ricardo Fernandes, os filhos contaram que a arma não disparou e que o homem se colocou em fuga, tendo só sido localizado hoje de manhã num edificado abandonado em Escariz e com lesões nos pulsos.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorros (CDOS) de Aveiro disse à Lusa que no local estiveram oito elementos da GNR, uma equipa médica do INEM, uma equipa de psicólogos do INEM e quatro elementos dos Bombeiros de Fajões.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS