Estado de saúde debilitado da rainha Isabel II faz soar alarmes

Soam os alarmes no Reino Unido. O estado de saúde cada vez mais debilitado da rainha Isabel II está a preocupar os britânicos.

Estado de saúde debilitado da rainha Isabel II faz soar alarmes

Estado de saúde debilitado da rainha Isabel II faz soar alarmes

Soam os alarmes no Reino Unido. O estado de saúde cada vez mais debilitado da rainha Isabel II está a preocupar os britânicos.

O estado de saúde da rainha Isabel II está a preocupar cada vez mais os britânicos. Nesta quarta-feira, 6 de setembro, a monarca, de 96 anos, recebeu a nova primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, em Balmoral, uma vez que a sua mobilidade fragilizada está a impossibilitá-la de fazer muitas deslocações. Foi a primeira vez que Isabel II recebeu a primeira-ministra em Balmoral. A última vez que a tomada de posse ocorreu na Escócia foi em 1885, durante o reinado da rainha Vitória.

Por norma, o primeiro-ministro de saída e o novo eleito encontram-se com a soberana no Palácio de Buckingham, no centro de Londres, mas o estado de saúde da mãe do príncipe Carlos impediu-a de se deslocar até à capital britânica. A mobilidade condicionada da rainha Isabel II não é novidade. A monarca, de 96 anos, começou recentemente a usar bengala para se apoiar durante as suas deslocações, mas o vídeo divulgado do encontro da rainha com Liz Truss mostrou que Isabel II está com muitas dificuldades em mover-se, está mais magra e surgiu com uma mancha arroxeada na mão que preocupou os subditos.

Rainha Isabel II começou a ficar débil após a morte do marido

Há 70 anos à frente da Coroa britânica, Isabel II começou a mostrar os primeiros sinais de debilidade após a pandemia da covid-19 e da morte do seu marido, o príncipe Filipe de Edimburgo, em abril do ano passado. Em outubro de 2021, a monarca passou a usar bengala e no decorrer deste ano foram vários os eventos públicos em que foi substituída pelo filho, o príncipe Carlos, herdeiro do trono. Exemplo disso foram algumas das celebrações do Jubileu de Platina da Rainha.

Especialistas em realeza e alguns fãs consideram que a saída do príncipe Harry e de Meghan Markle da Casa Real, e todas as polémicas em que têm estado envolvidos, também contribuiu para o agravamento do estado de saúde da rainha. Nesta quinta-feira, 8 de setembro, a imprensa britânica avançou que o príncipe Carlos e o príncipe William viajaram de urgência para Balmoral, na Escócia, para estarem ao lado da rainha Isabel II. Até ao momento, não há novidades sobre o estado de saúde da monarca.

Texto: Mafalda Mourão; Foto: Reuters

Impala Instagram


RELACIONADOS