Sindicato Nacional de Polícia marca protestos para locais onde Costa participa em ações de campanha

O Sindicato Nacional de Polícia (Sinapol) indicou hoje que vai realizar, na quinta-feira e na sexta-feira, protestos nos locais onde o primeiro-ministro vai estar presente em ações de campanha para as autárquicas.

Sindicato Nacional de Polícia marca protestos para locais onde Costa participa em ações de campanha

Sindicato Nacional de Polícia marca protestos para locais onde Costa participa em ações de campanha

O Sindicato Nacional de Polícia (Sinapol) indicou hoje que vai realizar, na quinta-feira e na sexta-feira, protestos nos locais onde o primeiro-ministro vai estar presente em ações de campanha para as autárquicas.

O Sinapol realiza os protestos para contestar o valor que o Governo decidiu para o subsídio de risco dos profissionais das forças de segurança.

O decreto-lei do Governo que aumenta de 31 para 100 euros a componente fixa do suplemento por serviço nas forças de segurança, passando este subsídio a contemplar o risco da profissão, foi publicado na semana passada em Diário da República e vai passar a ser pago a partir de janeiro de 2022.

O Sinapol avança que vai realizar protestos, na quinta-feira, nos Açores, tendo marcado uma concentração, entre as 16:00 e as 22:00, em frente ao auditório Luís de Camões do Conservatório Regional de Ponta Delgada, onde António Costa vai estar presente numa ação de campanha.

Na sexta-feira, último dia de campanha das eleições autárquicas, o Sinapol vai concentrar-se, entre as 10:30 e as 13.00, junto ao Mosteiro de Odivelas, e, entre as 14:00 e as 17:30, no Largo de Camões, Largo Chiado e Rua Garrett, em Lisboa.

Este valor decidido pelo Governo tem sido fortemente contestado pelos sindicatos da Polícia de Segurança Pública e associações socioprofissionais da Guarda Nacional Republicana, que não aceitam os 69 euros de aumento.

O Sinapol defende um subsídio de risco de 430 euros.

CMP // JMR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS