Chegou a pesar 300 kg mas já perdeu metade do peso

Sempre teve excesso de peso, mas aos 24 anos atingiu os 300 quilos. Deixou de poder tomar conta de si própria e só com a ajuda do namorado conseguiu dar a volta.

Chegou a pesar 300 kg mas já perdeu metade do peso

Sempre teve excesso de peso, mas aos 24 anos atingiu os 300 quilos. Deixou de poder tomar conta de si própria e só com a ajuda do namorado conseguiu dar a volta.

Amber Rachdi, residente no Estado do Oregon, nos Estados Unidos da América, sempre foi uma criança com excesso de peso. Aos 24 anos, porém, atingiu os limites. Pesava quase 300 kg e deixou de ser capaz de tomar conta de si própria até nas tarefas mais básicas e íntimas, como, por exemplo, escovar as dobras grossas da pele com uma escova longa para evitar inflamações.

Para ler depois
Qual é o melhor país europeu para a comunidade LGBTI viver ou visitar?
Portugal fica classificado em nono lugar na última edição da ILGA Europe’s Rainbow List quanto aos países europeus onde é melhor a comunidade LGBTI viver ou visitar (… continue a ler aqui)

Nesse momento, sofria de obesidade mórbida e estava entre a vida e a morte. decidiu regressar a casa dos pais, para que eles pudessem ajudá-la. Amber sabia que não poderia continuar a viver daquela forma e o namorado, Rowdy, encorajou-a a fazer uma mudança drástica, como revela o jornal britânico The Daily Mail.

Já a pesar 300 kg, encontrou apenas uma solução

Só saía de casa para comprar comida e dependia totalmente de uma cadeira elétrica para se movimentar e, num ato de desespero, encontrou apenas uma solução. Pediu socorro ao reality show My 600 lb Life para tentar perder peso. Nessa altura, comia mais de quatro grandes refeições por dia, além de muitos doces. Quanto mais infeliz era, mais comia. Ela estava presa num ciclo vicioso e deixou, inclusive, de conseguir ter relações íntimas com o namorado, devido ao excesso de peso. Perdera, até, a vida sexual. Finalmente, resolveu submeter-se a uma operação de bypass gástrico, o que – sendo a solução mais eficaz – não elimina risco de vida.

Antes de poder submeter-se ao procedimento clínico, teria de perder cerca de 10 quilos. Determinada, mudou-se para o Texas, para ficar mais próxima do médico que iria realizar a operação, Dr. Nowzaradan. Teve também de iniciar novas rotinas de alimentação saudável. Em três meses, alcançou a marca de 17 kg perdidos. E foi operada. Era o início de uma nova nova vida para Amber. Sete meses após a operação, Amber tinha deixado para trás 39 quilos.

Um ano após o pedido de ajuda, Amber adotou novo estilo de vida

Um ano depois, numa consulta de rotina, Amber tinha já perdido 64 quilos. Estava irreconhecível. O especialista em obesidade Dr. Nowzaradan estava orgulhoso e concordou em remover o excesso de pele – resultado da perda acelerada de peso. Manteve um estilo de vida saudável e começou a frequentar terapia especializada para aprender a lidar com a compulsão alimentar. Depois de sofrer de depressão por longos anos, Amber sentia-se finalmente feliz. Hoje, com 150 kg, ainda tem um caminho doloroso para atingir o peso ideal. Mas o poder de superação que esta mulher que chegou a pesar 300 kg revela bons indicadores…

Impala Instagram


RELACIONADOS