Caso Jacob Blake reafirma necessidade de erradicar o racismo na polícia – ONU

O caso Jacob Blake, o afro-americano que ficou gravemente ferido por um agente policial nos Estados Unidos, deve servir para lembrar a necessidade de eliminar o racismo dentro da polícia, disse hoje o porta-voz da ONU.

Caso Jacob Blake reafirma necessidade de erradicar o racismo na polícia - ONU

Caso Jacob Blake reafirma necessidade de erradicar o racismo na polícia – ONU

O caso Jacob Blake, o afro-americano que ficou gravemente ferido por um agente policial nos Estados Unidos, deve servir para lembrar a necessidade de eliminar o racismo dentro da polícia, disse hoje o porta-voz da ONU.

“Este episódio verdadeiramente trágico reafirma a necessidade de ação urgente para erradicar os vínculos entre o racismo estrutural e a aplicação da lei”, disse Rupert Colville, porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, em conferência de imprensa.

Um agente da polícia disparou várias vezes nas costas de Jacob Blake, de 29 anos, quando este abria a porta de um veículo, onde estavam os seus três filhos menores, o que foi gravado por câmaras de telemóvel de testemunhas.

A vítima, Jacob Blake, permanece internada no Hospital Froedtert, em Milwaukee, em estado grave após ser baleado várias vezes nas costas pela polícia, ocorrência que foi gravada em vídeo e que causou comoção em todo o país.

O tiroteio ocorreu no domingo, às 17:00 locais (23:00 em Lisboa), depois de a polícia ter recebido um telefonema sobre um incidente doméstico.

O incidente em que Blake foi ferido ocorreu dias depois de protestos massivos sobre a morte de George Floyd, que foi sufocado por um polícia branco em Minneapolis (Minnesota) em 25 de maio

O incidente ocorreu em Kenosha, no Wisconsin, nos Estados Unidos, e desencadeou uma nova onda de protestos antirracistas e indignação no país.

DD // JPF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS