Ucrânia: Forças russas atingem ponte estratégica a oeste de Odessa

O governador da região ucraniana de Odessa, Maksym Marchenko, indicou hoje que as forças russas voltaram a atacar uma ponte estratégica no oeste do país, no rio Dniestre, única ligação ferroviária e principal ligação rodoviária para oeste de Odessa.

Ucrânia: Forças russas atingem ponte estratégica a oeste de Odessa

Ucrânia: Forças russas atingem ponte estratégica a oeste de Odessa

O governador da região ucraniana de Odessa, Maksym Marchenko, indicou hoje que as forças russas voltaram a atacar uma ponte estratégica no oeste do país, no rio Dniestre, única ligação ferroviária e principal ligação rodoviária para oeste de Odessa.

A ponte, no estuário do rio Dniestre, já tinha sido severamente danificada em dois ataques anteriores com mísseis russos e a sua destruição corta o acesso a carregamentos de armas, outras cargas a partir da Roménia e também é a principal ligação rodoviária para oeste de Odessa. Os ataques à ponte aconteceram depois de uma reivindicação por parte de um oficial superior das forças russas de que a Rússia pretende assumir o controlo de todo o sul da Ucrânia e construir um corredor terrestre para a região separatista da Transnístria, na Moldova, onde as tensões aumentaram recentemente.

Guerra civil aconteceu em 1990

As autoridades da região declararam a retirada da Moldova após uma curta guerra civil na década de 1990 e não é reconhecida pela maioria dos países. A estimativa aponta para cerca de 1.500 soldados russos destacados nessa região. Oficiais ucranianos e ocidentais manifestaram preocupação de que a Rússia pudesse usar a Transnístria para abrir uma nova frente na guerra contra a Ucrânia.

O que é a Transnístria e por que é tão importante para a Rússia
Moscovo falou na “opressão” dos povos russos na região separatista de Transnístria e desde segunda-feira houve três explosões. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS