Uber investe 90 milhões em novo hub e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do ano.

Uber investe 90 milhões em novo hub e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

Uber investe 90 milhões em novo hub e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do ano.

“O novo ‘hub’ da Uber e a sede de operações representam um investimento de mais de 90 milhões de euros e já gerou mais de 400 empregos diretos, com perspetivas de recrutar 200 colaboradores adicionais até ao final de 2021”, refere a empresa em comunicado.

De acordo com a Uber, o novo ‘hub’ de Lisboa “será a sua principal fonte de conhecimento sobre utilizadores, motoristas e parceiros de entrega e de desenvolvimento de produto e tecnologia da Uber na região do Sul da Europa”.

Irá oferecer suporte para nove países europeus, incluindo, para além de Portugal, França, Espanha, Itália, Grécia, Israel, Turquia, Alemanha e Croácia, entre outros.

“O novo ‘hub’ gera inovação, conhecimento e apoio ao cliente complexo – como é o caso, por exemplo, do apoio prestado pelas equipas de fraude ou de resposta a incidentes e de segurança da Uber – e onde é feito o desenvolvimento de processos e produtos para a região, direcionado para a melhoria da experiência de utilizadores, motoristas, parceiros de entrega, restaurantes, retalhistas e outros parceiros de negócio”, explica.

Já a sede em Portugal “reúne talento proveniente de 28 países com mais de 10 áreas de especialização como Qualidade, Formação & Desenvolvimento, ‘Analytics’, Gestão de Projeto, Operações, ‘Marketing’, Comunicação, entre outras”, acrescenta.

Citado no comunicado, o diretor sénior de Operações de Cliente EMEA da Uber, Régis Haslé, assume o “compromisso para com Portugal e a vontade de continuar a investir no país”: “Já fizemos um investimento de 60 milhões de euros e pretendemos investir mais 30 milhões nos próximos quatro anos”, afirma, considerando que “Portugal tem profissionais de excelência e também capacidade para atrair os melhores talentos para trabalhar na Uber e viver em Lisboa”.

Já a diretora-geral regional de ‘Rides’ EMEA da Uber recorda que, desde que a empresa chegou ao país, há sete anos, “o mercado português tem sido um polo de inovação e crescimento”, onde foram criados e testados “produtos como o Uber Green ou a expansão do serviço a 100% do território, entre tantos outros projetos e iniciativas inovadoras”.

“Isso tem sido possível graças ao talento de excelência e uma parceria positiva e produtiva com Portugal e os portugueses” acrescenta Anabel Diaz.

Neste sentido, a empresa de tecnologia assume “um compromisso de longo prazo na promoção e criação de empregos e inovação em Portugal”.

“A história da Uber com os portugueses tem sido uma história de sucesso. Desde muito cedo que as pessoas mostraram que queriam uma alternativa de mobilidade para chegar onde precisam dentro das cidades e, ao longo destes sete anos, temos estado empenhados em servir cada vez melhor os nossos utilizadores”, afirma, por sua vez, o diretor-geral da Uber em Portugal.

Segundo Manuel Pina, a Uber é hoje “muito mais do que apenas uma aplicação de viagens”: “Somos uma aplicação para que todos possam ir onde quiserem e receber o que precisarem”, sustenta, assegurando que a empresa vai “continuar a investir no país criando emprego e oportunidades” para os seus parceiros.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS