Autoeuropa anuncia retoma da produção para 02 de outubro

A Autoeuropa informou hoje os trabalhadores de que vai retomar a produção no próximo dia 02 de outubro, mas com menos turnos do que no esquema de trabalho habitual na fábrica de automóveis de Palmela, no distrito de Setúbal.

Autoeuropa anuncia retoma da produção para 02 de outubro

Autoeuropa anuncia retoma da produção para 02 de outubro

A Autoeuropa informou hoje os trabalhadores de que vai retomar a produção no próximo dia 02 de outubro, mas com menos turnos do que no esquema de trabalho habitual na fábrica de automóveis de Palmela, no distrito de Setúbal.

   “A direção da fábrica informa que no próximo dia 02 de outubro será retomada a produção. Nesta fase, o número de turnos será ???????menor que o esquema de trabalho habitual”, refere uma comunicação interna da empresa a que a agência Lusa teve acesso. 

  “Os trabalhadores da Volkswagen Autoeuropa que se encontram em `lay-off´ serão informados o mais brevemente possível sobre a data do seu regresso à atividade e da correspondente alteração ao regime de `lay-off´”, acrescenta a empresa, adiantando ainda que será antecipado o arranque de produção nas áreas de prensas, carroçarias e pintura.

 O coordenador da Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa, Rogério Nogueira, já saudou a antecipação da retoma da produção, que, inicialmente, estava prevista para 12 de novembro. 

  “Da nossa parte, como sempre dissemos, é muito positivo, porque o pior cenário não se confirmou. A normalidade vai regressar mais cedo do que era previsível. É com muita satisfação que vemos este regresso à normalidade, ainda que seja um regresso gradual”, disse Rogério Nogueira à agência Lusa.

 Questionado sobre o impacto que a paragem de produção desde o passado dia 11 de setembro poderá ter no número de veículos produzidos na fábrica de Palmela, o coordenador da CT da Autoeuropa disse que ainda não lhe foi transmitida qualquer previsão.

  “Não tenho dados quantificados, mas devem ser alguns milhares de carros a menos. A empresa também não forneceu esses dados, até porque ainda não se sabe ao certo quando é que começa a produção a 100%. E só quando retomarmos a produção a 100% é que conseguimos ter uma ideia mais correta [do impacto da paragem de produção], acrescentou.

    Na sexta-feira da semana passada, a administração da Autoeuropa já tinha comunicado aos trabalhadores que iria retomar a produção na fábrica da Volkswagen em Palmela, no distrito de Setúbal, no mês de outubro, embora sem avançar nenhuma data concreta. 

  Na mesma comunicação interna, a empresa revelava também aos trabalhadores que tinha garantido o fornecimento de uma peça fundamental para o T-Roc, único veículo produzido na fábrica de Palmela, junto de uma empresa espanhola e outra chinesa, graças ao trabalho desenvolvido pelos departamentos de logística e de compras da marca alemã.

   A Autoeuropa foi forçada a anunciar uma paragem de produção de nove semanas devido às dificuldades de um fornecedor da Eslovénia, que foi fortemente afetado pelas cheias que ocorreram naquele país no início do passado mês de agosto.

  A empresa garantiu, no entanto, que estava à procura de soluções alternativas para retomar a produção com a maior brevidade possível, como agora se confirma com a retoma da produção antecipada de 12 de novembro para 02 de outubro.

 A Autoeuropa é uma empresa com grande impacto na economia portuguesa e que representa 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

A paragem de produção da fábrica de Palmela também afetou dezenas de fornecedores portugueses, incluindo as empresas instaladas no Parque Industrial da Autoeuropa, que, entretanto, já anunciaram o despedimento de 325 trabalhadores com vínculo precário.

  A Autoeuropa também tinha anunciado a dispensa de cerca de 100 trabalhadores temporários, mas estes tinham a garantia de regressarem ao trabalho logo que fosse retomada a produção.

 

 

GR // JNM

Lusa/Fim

 

 

 

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS