Vendas a retalho recuam em outubro na zona euro, Portugal com 2.ª maior subida mensal

As vendas a retalho recuaram em outubro na zona euro e na União Europeia (UE), quer na variação homóloga quer em cadeia, com Portugal a registar a segunda maior subida mensal.

Vendas a retalho recuam em outubro na zona euro, Portugal com 2.ª maior subida mensal

Vendas a retalho recuam em outubro na zona euro, Portugal com 2.ª maior subida mensal

As vendas a retalho recuaram em outubro na zona euro e na União Europeia (UE), quer na variação homóloga quer em cadeia, com Portugal a registar a segunda maior subida mensal.

Bruxelas, 05 dez 2022 (Lusa) — As vendas a retalho recuaram em outubro na zona euro e na União Europeia (UE), quer na variação homóloga quer em cadeia, com Portugal a registar a segunda maior subida mensal, divulga hoje o Eurostat.

Na zona euro, o volume de vendas do comércio a retalho recuou 2,7% face ao mesmo mês de 2021 e 1,8% na comparação com setembro.

Já na UE, de acordo com o serviço estatístico europeu, as vendas a retalho diminuíram 2,4% na variação homóloga e e 1,7% em cadeia.

Face a outubro de 2021, os maiores recuos no indicador assinalaram-se na Dinamarca (-9,5%), Suécia (-6,4%) e Bélgica (-5,7%), enquanto a Eslovénia (8,5%), Malta (7,2%) e Letónia (5,7%) apresentaram os maiores avanços.

Já na comparação com setembro, a Áustria (-4,6%), a Croácia (-4,0%) e a Bélgica (-3,3%) apresentaram as principais quebras nas vendas a retalho e o Luxemburgo (2,6%), Portugal, Chipre e Malta (0,5% cada) e a Espanha (0,4%) as maiores acelerações.

Na comparação homóloga, o indicador subiu 1,2% em Portugal.

IG // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS