Sapadores de Lisboa pedem às pessoas para não saírem de casa devido ao mau tempo

O comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa, Tiago Lopes, pediu hoje aos lisboetas para não saírem de casa devido à formação de lençóis de água na estrada por causa das fortes chuvadas que se fazem sentir na cidade.

Sapadores de Lisboa pedem às pessoas para não saírem de casa devido ao mau tempo

Sapadores de Lisboa pedem às pessoas para não saírem de casa devido ao mau tempo

O comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa, Tiago Lopes, pediu hoje aos lisboetas para não saírem de casa devido à formação de lençóis de água na estrada por causa das fortes chuvadas que se fazem sentir na cidade.

“Há muitos lençóis de água, os carros ficam presos na água e nós não conseguimos socorrer toda a gente”, disse à Lusa.

Tiago Lopes indicou que havia “10 ocorrências ativas” na capital portuguesa.

“Agora não há balanço nenhum. Estamos a socorrer algumas situações”, indicou.

“Choveu bastante, estamos com algumas vias de comunicação inundadas, mas não consigo dar um ponto situação muito preciso. Por toda a cidade há um pouco de água nas vias”, acrescentou.

O distrito de Lisboa é o que está a ser mais atingido pelas fortes chuvadas que se fazem hoje sentir em Portugal continental, com 22 ocorrências registadas, adiantou à agência Lusa a Proteção Civil.

De acordo com fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), pelas 22:30, havia 36 ocorrências devido ao mau tempo em todo país, sendo 70% relativas a inundações.

“Por enquanto, não temos danos de estruturas ou vítimas. São situações pontuais devido à acumulação da precipitação e estão a ser resolvidas”, acrescentou.

A ANEPC disse que, além das 22 ocorrências em Lisboa, foram ainda registadas, uma em Aveiro, Beja, Braga, Castelo Branco, Coimbra e Portalegre, duas no Porto e três em Setúbal.

JML // RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS