Moedas propõe obras na ciclovia da Almirante Reis sem consulta pública

O presidente da Câmara de Lisboa propôs hoje que as obras na ciclovia da Almirante Reis avancem sem consulta pública, pedida por BE, Livre e Paula Marques, mas a votação das iniciativas do autarca e da oposição foi adiada.

Moedas propõe obras na ciclovia da Almirante Reis sem consulta pública

Moedas propõe obras na ciclovia da Almirante Reis sem consulta pública

O presidente da Câmara de Lisboa propôs hoje que as obras na ciclovia da Almirante Reis avancem sem consulta pública, pedida por BE, Livre e Paula Marques, mas a votação das iniciativas do autarca e da oposição foi adiada.

Pouco depois do início da reunião privada extraordinária do executivo camarário, que começou pelas 09:30, o presidente Carlos Moedas (PSD) apresentou uma proposta sobre a alteração da pista ciclável da Almirante Reis, para que seja decidido “dar continuidade à execução dos trabalhos em curso de acordo com o projeto de execução e cronograma anexos”.

Para ler depois
Vinte e um corpos já recuperados, das 22 pessoas transportadas por avião que caiu no Nepal
Vinte e um corpos de pessoas que viajavam num avião que caiu no domingo nos Himalaias, no Nepal, foram encontrados, anunciou hoje o Exército nepalês, referindo ainda que resta encontrar um último (… continue a ler aqui)

A proposta do presidente da câmara foi apresentada como alternativa à iniciativa dos vereadores do BE, do Livre e da vereadora independente Paula Marques (eleita pela coligação PS/Livre). Os vereadores da oposição defendem que, “antes de qualquer alteração na configuração do perfil da avenida”, seja apresentado o projeto de alteração fundamentado para a ciclovia da Almirante Reis, abrindo um período de recolha de contributos de, no mínimo, 45 dias.

Inicialmente, tinham proposto “não menos de 30 dias”, mas decidiram agora alterar para aplicar o mesmo tempo que foi aprovado relativamente à consulta pública sobre as alterações de trânsito na cidade, entre as quais constam o corte do trânsito na Avenida da Liberdade aos domingos e a redução da velocidade.

A iniciativa dos vereadores do BE, Livre e Paula Marques estava prevista ser apreciada e votada hoje, mas, com a apresentação da proposta de Carlos Moedas sobre o mesmo tema, sem que se tenha cumprido os prazos para que a oposição a pudesse analisar, ambas foram “adiadas para uma próxima reunião”, ainda sem data marcada, indicou à Lusa fonte do executivo municipal.

Impala Instagram


RELACIONADOS