Gripe dos festivais: conheça os sintomas e descubra como combater a doença

Verão é sinónimo de muitos eventos de grande dimensão e com eles aumenta a possibilidade de contrair a gripe dos festivais.

Gripe dos festivais: conheça os sintomas e descubra como combater a doença

Gripe dos festivais: conheça os sintomas e descubra como combater a doença

Verão é sinónimo de muitos eventos de grande dimensão e com eles aumenta a possibilidade de contrair a gripe dos festivais.

Já teve início a época dos festivais e há quem faça os possíveis para não perder nenhum. Algo que se traduz em muitas noites de festa até altas horas. Algo que também faz com que fique mais perto de contrair aquilo que é descrito pelo Daily Star como a gripe dos festivais. Que se destaca por um conjunto de efeitos secundários que se desenvolvem depois de estar num festival. Como é o caso de exaustão, falta de nutrição, desidratação e até dores nas cordas vocais.

Três truques para proteger os seus ouvidos nos festivais de música
Mais de 5% da população mundial sofre de perda de audição, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (… continue a ler aqui)

A verdade é que as horas de farra e o pouco sono podem ter um impacto negativo no bem-estar físico e mental. Segundo a American Lung Association, os sintomas da gripe dos festivais acabam por ser semelhantes aos de uma gripe normal. Como é o caso de: nariz a pingar, tosse, garganta arranhada e espirros.

O que fazer para combater a gripe dos festivais?

Existe um detalhe que pode fazer toda a diferença na luta contra a gripe dos festivais. Nada mais do que dormir em condições. Ao dormir bem estará a contribuir para que acorde descansado, sem sinais de que está no inicio de uma gripe. É recomendado ainda que pratique exercício físico. Por fim, algo de extrema importância: beber água. Ou melhor, beber muita, mas mesmo muita água. Isto ajuda a eliminar toxinas do corpo e restaurar os níveis de hidratação. Beba água antes de começar a ingerir bebidas alcoólicas e alterne o consumo de álcool com água. Beba também um copo de água antes de ir dormir.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Shutterstock

Impala Instagram


RELACIONADOS