Estas são as 15 perguntas que ditam o futuro da relação

Especialista cria um conjunto de 15 perguntas que permitem ficar a conhecer melhor a vida a dois, ao mesmo tempo que ajudam a perceber qual será o futuro da relação.

Estas são as 15 perguntas que ditam o futuro da relação

Estas são as 15 perguntas que ditam o futuro da relação

Especialista cria um conjunto de 15 perguntas que permitem ficar a conhecer melhor a vida a dois, ao mesmo tempo que ajudam a perceber qual será o futuro da relação.

Está numa fase (mais ou menos) inicial do namoro e dá por si a pensar no futuro da relação? Será que é para casa? Ou está condenada a correr mal? É certo que os sentimentos não estão no campo da matemática, não existe uma única resposta certa, mas é possível ter uma ideia em relação ao que aí vem. Quem o garante é Gary W Lewandowski.

Fique a saber o que a cor preferida diz sobre a sua vida sexual
Do branco ao vermelho, passando por muitas outras, descubra aquilo que as cores têm para revelar sobre a vida sexual das pessoas (… continue a ler aqui)

O cientista e professor de psicologia na Universidade de Monmouth, em Nova Jersey, Estados Unidos da América, criou um teste que consiste em 15 perguntas. Sendo que as respostas ajudam a perceber o futuro da relação. Segundo Gary W Lewandowski, este conjunto de questões ajudam a perceber a relação e a pensar na forma como as duas pessoas agem em relação ao namoro e um com o outro.

“Como saber se estou na relação certa? Esta é provavelmente a questão que muitos fazem, mas que poucos estão preparados para responder. Quando tentam determinar isso, nem sempre sabem quais as perguntas certas para fazer e concentram-se nas coisas erradas”, diz ao The Independent UK. De acordo com o especialista, não deverá pensar muito antes de responder às perguntas que se seguem.

1 – A pessoa com quem se relaciona faz com que seja uma pessoa melhor? E faz o mesmo por ela?
2 – Estão confortáveis em partilhar sentimentos, em se apoiar um ao outro e conseguem não se preocupar com um possível final da relação?
3 – Aceitam-se como são, sem tentarem mudar-se um ao outro?
4 – Quando existem desentendimentos, tentam comunicar de forma respeitadora, sem negatividade?
5 – Tomam em conjunto decisões que podem influenciar a relação?
6 – A outra pessoa é a sua melhor amiga? E você o dela?
7 – Pensam mais no “nós” do que no “tu” e “eu”?

“Como saber se estou na relação certa? Esta é provavelmente a questão que muitos fazem, mas que poucos estão preparados para responder

8 – Confiam um no outro, ao ponto de partilhar passwords de redes sociais e contas bancárias?
9 – Têm boas opiniões um sobre o outro, sem terem uma visão exageradamente positiva?
10 – Os seus amigos, bem como os da pessoa com quem se relaciona, pensam que a vossa relação é ótima e que irá durar?
11 – A relação está ensombrada com “sinais vermelhos” como traição, ciúme e comportamento controlador?
12 – Possuem os mesmos valores quando os temas são política, religião, importância do casamento, desejo de ter filho e como os criar?
13 – Estão disponíveis a sacrificar os próprios desejos, vontades e objetivos pela outra pessoa (sem ser um “pau mandado”)?
14 – Possuem personalidades agradáveis e emocionalmente estáveis?
15 – São sexualmente compatíveis?

Independentemente das respostas dadas, Gary W Lewandowski realça que o importante é o conhecimento da relação. Algo que irá ser fundamental para que perceba se está com a pessoa certa. “Aprender coisas boas sobre as relações não é uma ameaça para as boas relações. Mas se estiver num relacionamento mau, acabar o mesmo irá permitir que tenha liberdade para entrar numa boa relação”, conclui.

Texto: Bruno Seruca

Impala Instagram


RELACIONADOS