Intruso disfarçado de padre entra na residência de Isabel II

Homem, vestido de padre, entrou no Castelo de Windsor, a residência oficial da rainha Isabel II, e lá comeu, beber e pernoitou com os soldados.

Intruso disfarçado de padre entra na residência de Isabel II

Homem, vestido de padre, entrou no Castelo de Windsor, a residência oficial da rainha Isabel II, e lá comeu, beber e pernoitou com os soldados.

Um homem, vestido de padre, entrou no Castelo de Windsor, a residência oficial da rainha Isabel II, e lá passou a noite, de de 26 de abril, nos dormitórios destinados aos soldados que protegem a monarca. A falha de segurança está a ser investigada.

Letizia surge em evento com vestido igual a premiada. Eis a reação da rainha de Espanha
Letizia protagonizou um momento caricato quando se apercebeu que uma das premiadas do evento que presidiu usava um vestido igual ao seu. Veja a reação da rainha de Espanha (… continue a ler aqui)

O intruso disse ser amigo disse ser amigo do capelão militar e foi autorizado a entrar, sem mostrar identificação. E ainda teve direito a uma refeição com oficiais superiores. “Ele bebeu e comeu com os soldados e contou histórias sobre ter servido no Iraque. Só mais tarde, quando começou a contar que tinha trabalhado como piloto de testes de assentos ejetores, e disse ter feito transplante de órgãos, é que começaram a surgir as suspeitas”, relatou uma fonte do castelo à TalkTV,

Um porta-voz da polícia de Thames Valley confirmou que o intruso foi retirado só no dia seguinte pelas 9h20. As autoridades responsáveis estão a investigar como terá ocorrido esta falha de segurança. “Esta violação de segurança está a ser levada muito a sério e será investigada minuciosamente e de forma prioritária”, diz um porta-voz do castelo.

Na altura em que o intruso entrou no Castelo de Windsor, Isabel II encontrava-se ausente. A monarca estava em Sandringham, onde comemorou o seu 96.º aniversário.

Esta não foi a primeira vez que ocorreu semelhante falha de segurança. Em 2021, um homem com uma besta foi detido nos terrenos do Castelo de Windsor, quando a rainha e alguns elementos da família real estavam presentes. Já em 1982, Michael Fagan entrou no quarto da rainha no Palácio de Buckingham.

Impala Instagram


RELACIONADOS