Rita Egídio faz relato desesperado: «Tentei matar-me algumas vezes»

Rita Egídio está a passar por uma fase difícil. A DJ internacional e atriz está longe dos filhos e até tentou tirar a sua própria vida mais do que uma vez. Ainda, fez uma revelação: “Sou bissexual”.

Rita Egídio faz relato desesperado: «Tentei matar-me algumas vezes»

Rita Egídio está a passar por uma fase difícil. A DJ internacional e atriz está longe dos filhos e até tentou tirar a sua própria vida mais do que uma vez. Ainda, fez uma revelação: “Sou bissexual”.

Nos últimos anos, Rita Egídio, de 41 anos, esteve afastada dos holofotes e agora veio a público fazer um longo e pesado desabafo nas redes sociais. A atriz e DJ está há seis meses a atravessar uma fase muito complicada e até tentou tirar a sua própria vida mais do que uma vez. “Há momentos na vida que temos de morrer para nascer de novo. Há seis meses que não sei quem sou, há seis meses ‘fugi’ de casa e deixei os meus filhos porque há anos que queria fugir e não conseguia. Tudo o que deixei que acontecesse foi minha responsabilidade e há seis meses que decidi tirar tempo para saber quem eu sou. Soa egoísta, mas eu ia matar-me se continuasse lá porque me odiava”, começou por escrever na sua página de Facebook esta segunda-feira, dia 28 de fevereiro. Mesmo assim, as tentativas de suicídio têm sido constantes: “Desde que aqui estou, tentei matar-me algumas vezes…  sem sucesso”.

Rita Egídio está longe dos filhos

O processo de recuperação e autodescoberta tem sido duro e solitário. Segundo Rita Egídio, esta não tem contato com os quatro filhos e acredita que só poderá ser melhor para as crianças, quando ficar melhor por si. “Agora não falo com os meus filhos, nem sinto o cheiro deles e milhares de vezes me senti culpada por ir, mas eu precisava de me amar para os poder amar melhor”, adiantou.  Além disso, a artista sugeriu que está separada do marido Paul Quentin e explicou o porquê. “Mandei embora o homem por quem me apaixonei porque ainda não me respeito ou amo”, assegurou e acrescentou: “Filhos, eu amo-vos tanto e vou trabalhar para pagar o que o Paul quer para poder falar deles”.

«Tenho pânico»

No mesmo texto, Rita Egídio também expressou o “pânico” que está a sentir nos últimos tempos. Contudo, ao mesmo tempo, quer vencer e recuperar a sua sanidade mental. “Há 21 anos que sou mãe, tinha 19. Não tenho mãe desde os 10. Fiz muitas asneiras. As maiores foi nunca ter estado sozinha, tenho pânico… Estou sozinha no meu apartamento e estou em pânico, mas sabem que mais? Eu sou uma das mais valentes guerreiras deste mundo e não vou morrer hoje. Eu vou vencer tudo isto montar a minha escola de novo e ensinar gratuitamente mulheres em relações abusivas para que possam sair delas. Estou sozinha. Estou apavorada. Quero morrer, mas não tenho coragem de morrer”, escreveu.

«Sou bissexual»

Por fim, a DJ internacional – mais conhecida por Rocky G – fez uma revelação. “PS: Já agora, deixem-me sair do armário. Eu sou bissexual e penso que já é tempo de viver a minha verdade”. Rita Egídio chegou a participar em vários projetos de ficção. Fez parte da série juvenil “Morangos com Açúcar” (TVI), “Malucos do Riso” (SIC) e “Inspetor Max”. Ainda, também entrou no elenco da novela “Tempo de Viver” (TVI) e “Floribella” (SIC).

Texto: Carolina Sousa;
Fotos: Redes Sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS