Oceana Basílio volta à escola para concretizar sonho antigo: “Não há idade para aprender mais”

Oceana Basílio tem provas dadas na representação e continua a querer evoluir. A atriz volta a sentar-se nos bancos de escola para tirar curso de Psicologia.

Oceana Basílio volta à escola para concretizar sonho antigo: “Não há idade para aprender mais”

Oceana Basílio tem provas dadas na representação e continua a querer evoluir. A atriz volta a sentar-se nos bancos de escola para tirar curso de Psicologia.

Oceana Basílio tem provas dadas na representação e continua a querer evoluir. Além dos workshops e cursos de representação que vai tendo no curriculum, a atriz decidiu ir para a universidade e tirar o curso de psicologia. Oceana Basílio esteve à conversa com a NOVA GENTE e explicou por que decidiu voltar à escola aos 43 anos, como vai gerir a sua carreira com os estudos e ainda houve tempo para falar da sua Palmela, em “Lua de Mel“.

Marcelo interrompe direto no Facebook de lojistas no Porto [vídeo]
Muitos questionaram a veracidade das imagens, mas Marcelo Rebelo de Sousa já confirmou que o momento inusitado aconteceu mesmo. Veja as imagens que já se tornaram virais (… continue a ler aqui)

Está de regresso à escola. Por que decidiu tirar Psicologia?
Para mim não é propriamente uma novidade, sendo que enquanto atriz vou sempre fazendo workshops, há um ano e meio estive em Madrid a tirar mais um curso. Psicologia é um curso que eu sempre quis tirar, mas que devido a ser mãe nova, acabar o curso de teatro, mais trabalho não foi compatível conseguir. Agora que já tenho mais tempo e a Francisca já está mais crescida consigo realizar este sonho de ir para a Universidade Autónoma de Lisboa.

É a prova que não há idade para aprender…
Sim. O facto de estar perto de casa, de conseguir estar como trabalhadora estudante e Psicologia é algo que gosto imenso. Sempre me fascinou, de alguma forma estou sempre muito atenta a toda a parte de psicologia e psiquiatria porque gosto desde sempre. Não há idade para se realizar sonhos e para aprender mais.

Pensa exercer algum dia?
Não penso para já muito na parte de exercer apesar de ser uma coisa que gosto, penso mais a nível de conhecimento e de trabalhar mais dentro de uma das coisas que gosto, mesmo para mim e para outros. Se um dia exercer? Claro que será possível, não ponho isso de parte, mas acho que mesmo para o meu trabalho é uma mais-valia. Sempre cresci rodeada de livros de psicologia e psiquiatria, sempre me fascinou, não é algo estranho para mim. Acho que é uma mais valia também para a construção de personagem.

Como pensa conciliar trabalho de atriz com a universidade?
Estando como trabalhadora estudante, quando conseguir estar presencialmente à noite, por exemplo, estarei, senão tentarei estudar o máximo possível para os exames, vou tentar não colocar muita pressão em mim porque sou muito perfecionista, vou tentar não pôr essa pressão em mim e tentar ir fazendo o curso dentro dos meus timmings.

Terminou de gravar Lua de Mel. Já tem algum trabalho em calha?
Tenho alguns projetos em calha a partir de setembro que vou conciliar com a universidade. Não posso falar muito sobre eles, mas será em televisão e teatro.

Oceana Basílio voltou a ser loira

Como foi dar vida a Palmela em Lua de Mel?
Foi muito divertido. A Palmela não tem nada a ver comigo, foi bom ter uma personagem muito diferente, num registo mais popular, tive a sorte de ter colegas incríveis, foi um projeto que me agradou muito de fazer, principalmente porque não era só o trabalho, mas também o bom ambiente a diversão, o rirmos de nós próprios. Gostei muito.

O que foi mais desafiante?
Muitas vezes tentar contrariar a minha personalidade para perceber a personalidade dela e como ela reagiria. As coisas que eu achava mais tontas que nunca faria, mas ela faria, é a personagem. Aceitar, rir e divertir-me com isso.

Gostava do que via ao espelho como Palmela?
Como o projeto foram três meses e foi muito intenso para todos, foi num curto espaço, não tive tempo para parar no meu dia a dia para pensar nisso. As unhas eram uma coisa que me faziam confusão porque não têm nada a ver comigo. O cabelo acho piada e ajuda imenso na personagem e já há muito tempo que queria ficar morena e mudar mais vezes o visual, apesar de já ter tido o loiro curto… Acho que quando é uma personagem e nos dedicamos sou apologista de que é importante também mudarmos o visual. Não existem assim tantos projetos a nível de novelas e se estivermos  sempre com o mesmo género de visual acaba por perder um bocadinho, mesmo que as personagens sejam diferentes, se for o mesmo género de visual parece que não mudamos.

Já voltou a ser loira…
Sim. É como eu Oceana me sinto melhor, sendo que a minha base é loira. E depois é uma questão de amigos, família… A minha mãe acha piada mas depois quando acabo o trabalho já tem saudades de me ver loira. O facto de estar sempre a ter de pintar as sobrancelhas de mais escuro também dá trabalho. Se for necessário mudar, mudarei outra vez.

Está de férias. O que vai fazer?
Temos sempre alguns trabalhinhos e algumas coisas a acontecer, mas estou de férias e vou tirar um mês para estar com a minha família amigos e filha. Acho que Portugal é o país para estar no verão. Ir para fora de Portugal no verão não me faz muito sentido. Vou para o Algarve, onde nasci. É onde me sinto bem, é onde tenho os meus melhores amigos de infância, onde tenho a minha família, é aquele mês em que posso estar com todos, com a minha avó, a minha filha e ela estar mais com a família. Para mim é o melhor sítio para passar o verão, é um dos paraísos de Portugal.

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: Universidade Autónoma de Lisboa

Impala Instagram


RELACIONADOS