Pai de Britney Spears aceita deixar tutela da filha

Jamie Spears, pai de Britney Spears, aceitou deixar de ser o tutor da filha e prometeu colaborar na transição “ordeira” para uma nova tutoria.

Pai de Britney Spears aceita deixar tutela da filha

Pai de Britney Spears aceita deixar tutela da filha

Jamie Spears, pai de Britney Spears, aceitou deixar de ser o tutor da filha e prometeu colaborar na transição “ordeira” para uma nova tutoria.

Jamie Spears, pai de Britney Spears, aceitou deixar de ser o tutor da filha e prometeu colaborar na transição “ordeira” para uma nova tutoria. A notícia foi avançada pelo The Guardian esta sexta-feira, 13 de agosto, que garante que o pai da cantora, de 39 anos, aceitou deixar ser tutor, papel que assumia desde 2008.

“O Sr. Spears pretende trabalhar com o tribunal e o novo advogado da filha para se preparar para uma transição ordeira para um novo tutor”, revelaram os advogados de Jamie Spears, garantindo ainda que “não há motivos reais para destituir” o pai da cantora do papel de tutor e lamentam ainda que este seja “alvo incessante de ataques injustificados.”

A defesa de Jamie Spears explicou ainda que este “não quer travar uma batalha pública com a filha”, razão que motivou esta decisão de abdicar do papel de tutor.

Britney Spears pediu o fim da tutoria que foi definida em 2008, quando o pai solicitou em tribunal autoridade para gerir a vida da filha, devido a problemas de saúde mental que a envolviam. O pedido foi feito durante uma audiência em Los Angeles (Califórnia), nos Estados Unidos da América, 13 anos depois de ser instituída a tutoria, que Spears considerou “abusiva”. O pai de Britney controlou a vida pessoal da filha durante a maior parte da tutoria, supervisionando agora as suas finanças e negócios.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Redes Sociais

 

Impala Instagram


RELACIONADOS