Portugal muito lutador perde na Hungria e falha Mundial de 2023 de basquetebol

Uma exibição de grande qualidade, sobretudo depois do intervalo, não chegou hoje para Portugal ganhar à Hungria em Budapeste, pelo que se despede desde já da primeira fase de qualificação europeia para o Mundial de 2023 de basquetebol.

Portugal muito lutador perde na Hungria e falha Mundial de 2023 de basquetebol

Portugal muito lutador perde na Hungria e falha Mundial de 2023 de basquetebol

Uma exibição de grande qualidade, sobretudo depois do intervalo, não chegou hoje para Portugal ganhar à Hungria em Budapeste, pelo que se despede desde já da primeira fase de qualificação europeia para o Mundial de 2023 de basquetebol.

No melhor dos cinco jogos disputados até agora, a seleção portuguesa perdeu por um ponto apenas, 69-68, resultado que sela o último lugar na ‘poule’, qualquer que seja o resultado do jogo final, contra o Montenegro.

O quinto desaire noutros tantos jogos deixa assim Portugal ‘fixo’ no quarto lugar do grupo E, com todas as outras três equipas já virtualmente apuradas para a ronda seguinte.

A França comanda com oito pontos (quatro vitórias em quatro jogos), seguida da Hungria, com os mesmos pontos mas mais um jogo, com Montenegro em terceiro com seis pontos (quatro jogos) e Portugal em último, com apenas cinco pontos (cinco jogos).

No Arena Tuskecsarnok o resultado esteve incerto até ao final e Portugal ficou a um cesto apenas de continuar a ‘sonhar’ com o apuramento para o Mundial de 2023.

A equipa das quinas lutou até à última posse de bola, mas acabou por não conseguir a tão deseja primeira vitória nesta ‘poule’ de qualificação, em que apenas o primeiro lugar da França é claro.

Portugal teve momentos de grande qualidade, com destaque para o terceiro quarto, destacando-se as exibições de Miguel Queiroz (16 pontos), Rafael Lisboa (16 pontos) e Diogo Brito (10 ressaltos.

O percurso de Portugal encerra na segunda-feira, em Odivelas, Lisboa, diante de Montenegro.

Jogo no Arena Tuskecsarnok, em Budapeste.

Hungria – Portugal, 69-68.

Ao intervalo: 40-31.

As equipas alinharam e marcaram:

– Hungria: Rosco Allen (11), Akos Keller (3), David Vojvoda (6), Szilard Benke (8) e Benedek Varadi (7). Jogaram ainda Mikael Hopkins (9), Adam Somogyi (10), Zoltan Perl (8), Marko Filipovity (4) e Janos Eilingsfeld (3).

Treinador: Stojan Ivkovic.

– Portugal: Diogo Brito (7), Ricardo Monteiro (7), Diogo Ventura (8), Miguel Queiroz (16) e Francisco Amarante (3). Jogaram ainda Vladyslav Voytso, José Barbosa (3), João Guerreiro (4), Gonçalo Delgado, Diogo Araújo, Rafael Lisboa (16) e Daniel Relvão (4).

Treinador: Mário Gomes.

Marcha do marcador: 21-13 (primeiro quarto), 40-31 (intervalo), 53-52 (terceiro quarto) e 69-68 (resultado final).

FB (AJO) // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS