Empresários de futebol receberam no total 500 ME no último mercado

Os empresários de jogadores de futebol receberam, no total, cerca de 500 milhões de euros durante o último mercado de transferências, enquanto os clubes formadores apenas alcançaram os 70, de acordo com um relatório publicado hoje pela FIFA.

Empresários de futebol receberam no total 500 ME no último mercado

Empresários de futebol receberam no total 500 ME no último mercado

Os empresários de jogadores de futebol receberam, no total, cerca de 500 milhões de euros durante o último mercado de transferências, enquanto os clubes formadores apenas alcançaram os 70, de acordo com um relatório publicado hoje pela FIFA.

O documento demonstra que os agentes geraram ganhos de 498,8 milhões euros, um número bem mais alto que os 69,29 que os clubes receberam a título de indemnização pelos direitos de formação dos jogadores.

“Estes números provam que existe a necessidade de reformar o mercado de transferências e limitar o valor que os intermediários podem receber nas transações de jogadores, de forma a existir mais e maior transparência”, lê-se no relatório do organismo que rege o futebol mundial.

Em apenas 10 anos, entre 2012 e 2022, o valor percentual a receber pelos empresários em cada transferência passou de 6,1% para 9,9%.

O relatório indica que, entre 01 de junho e 01 de setembro, período em que o mercado de transferências esteve aberto em praticamente todos os países, foram movimentados cinco mil milhões de euros, um aumento de 29,7% em relação a 2021, valores que indicam uma retoma do futebol mundial após dois anos de pandemia da covid-19.

Ao todo foram realizadas 9.717 transferências, com Inglaterra a liderar os gastos, com 1,8 mil milhões de euros, seguida da Itália, com 549 ME, e da Espanha, com 479 ME.

LG // AMG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS